623239-1919
6299203-1700

Animais em apartamento

Um grande dilema muito comum na hora de mudar de casa é: meu bicho de estimação? Será que ele vai se adaptar? Muita gente se preocupa tanto com o conforto e bem-estar de seus mascotes que até na hora de escolher o lugar que vão morar dão preferencia para aqueles que oferecem melhores condições para criar o animal.

E essa é realmente uma questão muito importante. Primeiramente é preciso entender que cada espécie e cada raça têm
suas características e necessidades, o que implica em algumas regras de convivência. Duas regras básicas que se aplicam a qualquer um deles são as seguintes: Eles precisam de espaço para se exercitar e gastar energia, e precisam de companhia, pois são animais sociáveis e detestam ficar sozinhos por muito tempo.

Porém, apesar do apartamento não ser o melhor lugar para se criar um animal de estimação, ele pode se adaptar se você criar condições favoráveis ao bem estar deles, assim, nada impedem que apaixonado por animais deixe de criar seu bichinho caso precise se mudar, mas é preciso estar atento a alguns detalhes que ajudam bastante. Por exemplo:

– Escolha raças pequenas ou médias, nunca as grandes, pois esses têm uma necessidade maior ainda de correr, farejar e cavar.

– Mesmo que você mantenha o cão solto pelo apartamento, ele tem necessidade natural de gastar toda a energia que tem. Leve-o para caminhar sempre que possível, para se exercitar. Se não for possível caminhar todos os dias, leve-o para a rua pelo menos por 30 minutos diariamente. Com certeza ele fica mais tranquilo e você também!

– Dê sempre a ele brinquedinhos e ossinhos para mastigar. Isso evita muitos problemas comportamentais ligados ao tédio do cachorro, como roer os móveis da casa ou comer sapatos.

– Mantenha a higiene dos locais onde o seu animal faz as refeições e as necessidades fisiológicas. É importante para a saúde dele e da sua família.

– Dê atenção ao seu cão. Não basta estar só por perto, ele precisa ter com quem brincar. Tire um tempo para isso todos os dias.

– Não deixe seu melhor amigo sozinho o dia todo. Deixa-lo algumas horinhas sozinho tudo bem, desde que ele seja acostumado a isso desde filhote, para se tornar independente, mas não deixe-o ficar isolado.

– Lembre-se dos vizinhos: eles vão se incomodar se o seu cachorro latir o tempo inteiro. Portanto, siga a essas regras para que seu cão não se torne infeliz e não tenha esses problemas.

Comentários